Mais
    InícioPublicidadeEventosVidCon 2022: Todo vídeo pode ser vendável para o Social Commerce

    VidCon 2022: Todo vídeo pode ser vendável para o Social Commerce

    Executivos reforçam que qualquer vídeo pode ser um bom vídeo para gerar vendas nas redes sociais

    EM GKPB.COM .BR

    Publicidade

    Durante o primeiro dia de painéis da VidCon, o Social Commerce foi um dos assuntos de destaque. Em meio a um número cada vez maior de criadores tentando ativar suas bases de seguidores com parcerias e até mesmo produtos próprios, muitas vezes eles acabam se perdendo nas estratégias. Uma das mais comuns é acreditar que um vídeo que vende um produto precisa ser muito diferente de um vídeo de conteúdo tradicional.

    Durante o painel “How Social Commerce WIll Reshape the Creator Economy” (Como o Social Commerce irá remodelar a Economia Criativa), a Diretora Geral de Parcerias do Youtube, Bridget Dolan, relembrou que qualquer vídeo postado nas redes sociais tem potencial para ser um vídeo vendável. Isso porque a ideia é de que o criador de conteúdo mantenha o conteúdo a ser vendido de forma tão nativa, que o consumidor não sinta que aquele conteúdo foi feito especificamente para comunicar um produto à venda.

    Continua depois do anúncio

    Nem todo influenciador precisa ter seus próprios produtos

    Outro ponto relevante levantado na conversa foi acerca de qual estratégia seria melhor: criar seus próprios produtos, ou trabalhar promovendo parcerias com as marcas. De acordo com os painelistas, nem todo criador precisa lançar produtos próprios. Até porque este processo é caro e trabalhoso, principalmente para aqueles mais nichados.

    “Criar um produto físico não é uma necessidade de todos os criadores. Você pode ter sucesso sendo totalmente digital”, afirmou Ellie Heisler, sócia da Nixon Peabody LLP. Marc Hustvedt, presidente da MrBeast, também tem um pensamento semelhante. “Fique um pouco longe de criar seus próprios produtos antes de conhecer exatamente como funciona sua relação com o seu público”, afirmou. Uma ótima oportunidade pode ser realizar parcerias com outras marcas que já ofereçam produtos físicos que tenham a ver com o universo abordado.

    Live Shopping

    Apesar de ser um assunto explosivo na China (e com traços de que deve decolar também no Brasil), as famosas transmissões ao vivo com o intuito de gerar venda ainda estão mornas nos Estados Unidos. Todos estão acompanhando o cenário de perto por aqui, mas aparentemente o mercado se mostra mais fragmentado.

    Inscreva-se para receber nossas notícias e novidades em seu e-mail e cancele quando quiser.

    Bridget relembrou que o Youtube está realizando diversos testes para o formato de Live Shopping em países como Coreia e Brasil, mas ainda assim é algo que ainda deve demorar a decolar de maneira global.

    O GKPB viajou para Anaheim, na Califórnia, para cobrir a VidCon 2022 a convite da Leo Burnett Tailor Made.

    Conheça nosso podcast

    - Publicidade -

    Últimos stories

    As peças possuem design universal que atendem a atletas com e sem deficiências

    Novo sabor já está disponível por tempo limitado em diversas lojas da marca espalhadas pelo Brasil

    Ator que interpreta o Greg, de Todo Mundo Odeia o Chris, divulgou a promoção 2 Whopper por R$ 25 e cutucou o McDonald's

    Foodtech faz parceria com o chef Diego Oka para revelar uma nova alternativa vegetal da ‘sopa de tartaruga’, que corre risco de extinção

    🔥 Em alta agora:

    Samsung Galaxy é a patrocinadora oficial do FFWS Brasil 2024

    No próximo sábado, 20, começa o campeonato de Free Fire FFWS Brasil e de olho no público do game a Samsung acaba de confirmar...

    🔥 Em alta agora:

    Samsung Galaxy é a patrocinadora oficial do FFWS Brasil 2024

    No próximo sábado, 20, começa o campeonato de Free Fire FFWS Brasil e de olho no público do game a Samsung acaba de confirmar...
    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Conecte-se

    62,883FãsCurtir
    145,000SeguidoresSeguir
    16,800InscritosInscrever
    Publicidade