Mais
    InícioNegóciosCartões MasterCard são banidos da Índia por tempo indeterminado

    Cartões MasterCard são banidos da Índia por tempo indeterminado

    Novos cartões MasterCard não poderão ser emitidos até que companhia cumpra com as novas regras locais de armazenamentos de dados.

    Publicidade

    Os cartões MasterCard deixarão de ser emitidos na Índia por tempo indeterminado. A partir do dia 22 deste mês a marca não terá mais permissão para emitir cartões de débito, crédito ou pré-pagos no país, mas clientes antigos não serão afetados por essa decisão.

    De acordo com o Banco Central da Índia, a companhia está sendo penalizada por não cooperar com as regras locais de armazenamento de dados. “Apesar do lapso de tempo considerável e de oportunidades adequadas serem dadas, a entidade não está em conformidade com as instruções sobre Armazenamento de Dados do Sistema de Pagamento”, explica o Banco Central.

    Continua depois do anúncio

    Essa não é a primeira vez que o Banco Central da Índia penaliza uma empresa por esse tipo de infração. Em abril, as marcas American Express e Diners Club foram restringidas da mesma maneira, sem poder emitir novos cartões, assim como a MasterCard.

    Segundo o TechCrunch, anteriormente a Visa, MasterCard e diversas outras empresas, juntamente com o Governo dos EUA, se uniram para solicitar uma revisão nas regras locais de armazenamentos de dados, alegando que as novas regras implicavam em permitir ao regulador “acesso de supervisão irrestrito” aos dados dos clientes das companhias.

    Continua depois do anúncio

    A Reuters comenta que, ainda em 2018, quando as novas regras foram implementadas, as empresas argumentaram que as mudanças aumentariam seus custos de infraestrutura e atingiriam suas plataformas globais de detecção de fraude, mas ainda assim o Banco Central da Índia manteve suas normas.

    Inscreva-se para receber nossa newsletter e cancele quando quiser.

    Vale lembrar que um ponto importante dessa história é o crescimento da companhia indiana Rupay, que é concorrente das marcas já citadas e recentemente foi promovida pelo primeiro-ministro Narendra Modi.

    Com informações de: B9, TechCrunch e Reuters.

    Publicidade

    GKPB Em Vídeo

    Ouça nosso Podcast!

    Publicidade
    Publicidade

    Conecte-se

    64,514FãsCurtir
    110,213SeguidoresSeguir
    14,500InscritosInscrever

    Para Você

    Publicidade