Mais
    InícioQuem Aprovou Isso?CCSP e W+K exaltam criatividade em momentos de crueldade, geram polêmica e...

    CCSP e W+K exaltam criatividade em momentos de crueldade, geram polêmica e voltam atrás

    Filme causou perplexidade ao utilizar de momentos perversos da humanidade como escravidão e Inquisição para celebrar a criatividade

    Publicidade

    O que pode ser mais infeliz e menos criativo do que brincar com a grafia da palavra “crise” para transformá-la em “crie”? Fazer isso utilizando de alguns dos piores momentos da nossa história para mostrar a criatividade como uma espécie de contraponto positivo de cada um deles. Pois foi exatamente o que tentou fazer a campanha do CCSP assinada pela Wieden+Kennedy São Paulo para promover o Festival do Clube de Criação 2021. Quem aprovou isso?

    No filme divulgado é possível passear por diversos momentos perversos da história da humanidade, como Inquisição, escravidão e guerras; em contraponto com algumas das criações das mesmas épocas, como Renascimento, Blues, Bauhaus. O final ainda dá a entender que o Festival do Clube de Criação pode ser visto como o movimento de criatividade dentro da pandemia de COVID-19. Veja:

    Continua depois do anúncio

    “O filme ‘Crise, Crie‘ (assista abaixo) [sic] ressalta exemplos históricos sobre como surgem movimentos transformadores em tempos conturbados: da inquisição ao Renascimento, no século XVI; da escravidão nos EUA ao blues, no século XIX; da Primeira Guerra Mundial à Escola de Arte Bauhaus, nos anos 1920; da Ku Klux Klan ao movimento Black Power, nos anos 1970; e assim por diante.”, dizia o texto publicado no site do CCSP que foi apagado, mas ainda podia ser acessado via cache do Google no momento em que escrevemos esta publicação.

    A produção tem direção da Joint, com a colaboração de outros artistas 3D. O áudio foi produzido pela Satélite. Outras peças para mídia digital, como banners e displays, completam a estratégia.

    O comercial obviamente gerou muita repercussão nas redes sociais, com dezenas de publicações, em sua maioria realizadas por profissionais de comunicação, criticando a relação criada pela peça.

    Inscreva-se para receber nossas novidades e cancele quando quiser.

    A peça ainda foi acusada de plágio por um internauta, que postou um filme do Brooklyn Film Festival, que trabalha exatamente o mesmo conceito criativo.

    Continua depois do anúncio

    CCSP e W+K voltam atrás

    Tanto o Clube de Criação quanto a Wieden+Kennedy decidiram voltar atrás, apagaram o conteúdo divulgado e deixaram em suas redes sociais uma publicação pedindo desculpas pelo ocorrido.

    “Hoje, o Clube de Criação e a Wieden+Kennedy divulgaram um novo filme em suas redes. Tão logo as reações negativas surgiram, entendemos o quão imprópria a mensagem é – por isso decidimos retirá-lo imediatamente do ar. Pedimos as mais sinceras desculpas”, diz o texto publicado pelo CCSP no Twitter.

    Já a Wieden+Kennedy publicou algo bem semelhante em seu perfil no Instagram:

    Posicionamento publicado nos stories da agência Wieden+Kennedy São Paulo. Imagem: Reprodução – Instagram

    Mesmo assim, sobraram críticas por parte do público da rede social.

    Sobre o Festival do CCSP

    Inovação, tecnologia, arte, cinema, música, gastronomia e diversidade são alguns dos temas abordados pelos palestrantes do Festival do Clube de Criação. Neste ano o evento será patrocinado por Globo/ Globoplay (Premium), Google e Surreal Hotel Arts (Master), Barry Company, Bonafont, Warner Media, Alice Filmes, AlmapBBDO, David, Leo Burnett Tailor Made, MyMama, O2 Filmes, Paranoid, Piloto TV, Santeria, Wieden+Kennedy, WMcCann e Zohar Filmes (Madrinhas). Os apoios são: 20DASH e Monkeyland.

    Ficha Técnica (campanha Crise, Crie):

    AGÊNCIA: Wieden+Kennedy São Paulo
    TÍTULO: Crise, Crie
    CLIENTE: Clube de Criação
    PRODUTO: Festival do Clube de Criação
    DIRETORES EXECUTIVOS DE CRIAÇÃO: Eduardo Lima | Renato Simões
    DIRETORES DE CRIAÇÃO: Mariana Borga | Fabiano Higashi
    REDATOR: Luz Arroyo
    DIRETORES DE ARTE: Will Cega | Cacá Barabás
    ATENDIMENTO: Camila Hamaoui | Carolina Cavallini | Tabata Viana
    PLANEJAMENTO: André Troster |
    RTV: Regiani Pettinelli | Ricardo Barbin
    PRODUTORA: Joint
    DIRETOR DE CENA: Christian Balzano
    EDIÇÃO: Christian Balzano | Eduardo Oliveira
    PRODUTOR EXECUTIVO: Maurício Kazu Yamashita
    COORDENAÇÃO DE PÓS-PRODUÇÃO: Mauricio Kazu Yamashita
    PÓS-PRODUÇÃO: Christian Balzano | Eduardo Oliveira
    3D: Christian Balzano | Vinicius Lavor | Marlos Lima | Bruno Faiotto
    PRODUTORA DE SOM: Satélite Áudio
    DIREÇÃO MUSICAL: Roberto Coelho | Kito Siqueira | Hurso Ambrifi | Thiago Colli
    ATENDIMENTO: Fernanda Costa | Renata Schincariol | Claudio Leal
    PRODUÇÃO MUSICAL: Kito Siqueira | Roberto Coelho | Hurso Ambrifi | Mike Vlcek | Thiago Colli | Charly Coombes | Koitty e Helton Oliveira
    FINALIZAÇÃO: Carla Cornea | Pedro Macedo | Ian Sierra | Renan Marques
    COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO: Dudu Missono | Giu Tavares
    ASSISTENTE DE PRODUÇÃO: Renan Marques
    APROVAÇÃO CLIENTE: Joanna Monteiro

    Publicidade

    GKPB Em Vídeo

    Publicidade
    Publicidade

    Conecte-se

    64,346FãsCurtir
    110,213SeguidoresSeguir
    14,500InscritosInscrever

    Para Você

    Publicidade