Mais
    InícioPublicidadeCinemaPesquisa aponta que cinema é a prioridade de entretenimento entre os jovens...

    Pesquisa aponta que cinema é a prioridade de entretenimento entre os jovens na vida pós-pandemia

    Estudo feito pelo movimento #JuntosPeloCinema ouviu mais de 27 mil pessoas de todas as regiões do Brasil.

    Publicidade

    A pandemia do coronavírus alterou algumas práticas e formas de entretenimento neste período de isolamento social e vai ganhar até um documentário mostrando essa realidade. As lives acabaram se tornando um reduto de shows e apresentações, salas de zoom viraram locais para festas reservadas e os serviços de streaming dispararam.

    No entanto, um hábito presencial que deve ser retomado imediatamente logo após o fim da pandemia, é a ida as salas de cinema, conforme aponta uma pesquisa elaborada pelo movimento #JuntosPeloCinema. O estudo feito com mais de 27 mil pessoas em todas as regiões do país, por meio da empresa Vibezz, ouviu pessoas entre 16 e 65 anos, com renda mensal de R$800 a R$15 mil.

    Continua depois do anúncio

    Entre os resultados, destaca-se o fato de que o público jovem, de 16 a 24 anos, é o que mais sente falta da sétima arte e o que deve retornar mais rápido às salas. 75% dos jovens colocam o cinema como prioridade de entretenimento no retorno das atividades, ficando acima de passeio ao ar livre, que ocupa o segundo lugar da preferência, com 37,5% dos votos. Para 80% deste público, no futuro, a frequência de ida ao cinema deve se manter igual ou maior ao que era antes da pandemia.

    O estudo também mostra que o retorno tem uma importância significativa para quem recebe renda de até R$ 2.165,00, por ser considerado uma opção mais econômica em comparação a outros tipos de entretenimento, como shows e teatro. Para os cinéfilos, a volta deve acontecer logo no primeiro mês de reabertura das salas, conforme 70% das respostas. Eles também se dizem tranquilos com as medidas de segurança e bem-estar adotadas pelos exibidores.

    Mas e os serviços de streaming? Não cumprem como entretenimento?

    Apesar da força de plataformas como: Netflix, Amazon Prime e Globoplay, as pessoas sentem falta da experiência proporcionada dentro das salas de cinemas e a sensação de afeto gerada pela atividade. De todas as pessoas ouvidas, 70% relatam que a experiência do cinema, é algo que não é possível reproduzir em casa, e esse é o fator que mais impacta a agilidade do retorno às salas. 98% dos respondentes também relacionam o ambiente com sentimentos positivos. As palavras mais associadas à experiência foram: diversão, filmes e pipoca.

    Inscreva-se para receber nossas novidades e cancele quando quiser.

    A pesquisa, realizada online entre o período de 11 a 22 de maio, teve o apoio de parceiros do segmento como AdoroCinema, Instituto de Pesquisa Boca a Boca, Comscore, FLIX Media, Ingresso.com e Velox Tickets.

    Publicidade

    GKPB Em Vídeo

    Publicidade
    Publicidade

    Conecte-se

    64,366FãsCurtir
    113,851SeguidoresSeguir
    14,500InscritosInscrever

    Para Você

    Publicidade