Mais
    InícioPublicidadeTVGisele Bündchen é a Mulher Maravilha em novo filme da SKY

    Gisele Bündchen é a Mulher Maravilha em novo filme da SKY

    Publicidade

    Gisele Bündchen é a Mulher Maravilha, mítica super-heroína da DC Comics, em uma nova campanha da SKY. Gisele é uma supermodelo, filantropa e empresária brasileira. Em 2000, Bündchen foi considerada pela revista Rolling Stone, a mulher mais bonita do mundo.

    A modelo foi recentemente homenageada pelo ativismo ambiental durante a gala dos Green Carpet Fashion Awards, que decorreu na segunda-feira, em Milão, Itália. Ela esteve no Brasil na abertura do Rock In Rio e assume agora a tarefa de ser um ícone de empoderamento feminino pela marca de TV por assinatura. Segundo ela:

    Continua depois do anúncio

    “Adorei estar na pele da Mulher Maravilha. Ela representa a força da mulher guerreira, que vai atrás do que quer e enfrenta qualquer barreira para ajudar o próximo e salvar o Mundo.”

    Atualmente, a SKY se encontra em um momento difícil. Em fevereiro de 2017, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações, mais de 95,1 mil de brasileiros deixaram de assinar TV paga.

    Das grandes emissoras apenas a Oi e a Cabo demonstraram um crescimento e mesmo assim nada muito expressivo. Todas as outras, incluindo a SKY apresentaram uma considerável perda de clientes num espaço curto de tempo.

    Inscreva-se para receber nossas novidades e cancele quando quiser.

    Todos os estados estão com grandes taxas de cancelamento de assinaturas, principalmente no nordeste que lidera com os estados Sergipe, Bahia e Pernambuco. Segundo esse gráfico do Google Trends o volume de buscas por “Assinar SKY” no Google vem caindo drasticamente.

     

    Já o Netflix se encontra em outro cenário. No semestre que fechou em Julho de 2017, a marca superou 100 milhões de assinantes. A maioria deles de fora dos Estados Unidos, país que originalmente era seu mercado principal.

    Continua depois do anúncio

    A forma de se consumir conteúdo audiovisual mudou. O formato que as emissoras de televisão paga entregam já não atende mais as necessidades do público. Caso as emissoras não se reinventem e mudem a forma que oferecem conteúdo, é bem possível que muitas cheguem a extinção.

    Publicidade

    GKPB Em Vídeo

    Publicidade
    Publicidade

    Conecte-se

    64,346FãsCurtir
    110,213SeguidoresSeguir
    14,500InscritosInscrever

    Para Você

    Publicidade