Mais
    InícioNegóciosKraft Heinz fecha negócio com a empresa brasileira de alimentos Hemmer

    Kraft Heinz fecha negócio com a empresa brasileira de alimentos Hemmer

    A aquisição visa acelerar o crescimento de ambas as marcas

    EM GKPB.COM .BR

    Publicidade

    Em setembro de 2021, a Kraft Heinz Company, proprietária das marcas Heinz e Quero no Brasil, iniciou um acordo de aquisição de uma participação majoritária na Hemmer, empresa brasileira de alimentos focada em condimentos e molhos, e hoje, 01 de abril, a marca anunciou que concluiu essa compra.

    A associação com a Hemmer expandirá a plataforma internacional de Taste Elevation da Kraft Heinz, com foco em condimentos e molhos, e apoiará a estratégia da companhia de aumentar sua presença em mercados emergentes.

    Continua depois do anúncio
    Fernando Rosa, presidente da Kraft Heinz Brasil.

    “Estamos muito entusiasmados com a conclusão da transação, que reforça o plano da Kraft Heinz de se tornar um dos maiores players de alimentos do país, ampliando nossa oferta para nossos consumidores”, disse Fernando Rosa, presidente da Kraft Heinz para o Brasil. “A união representa uma enorme oportunidade de crescimento para as duas empresas, ambas construídas sobre os pilares de tradição, inovação, qualidade, ingredientes superiores e sabor.”

    A aquisição visa acelerar o crescimento de ambas as empresas, cujas marcas e portfólios são complementares. A Hemmer se beneficiará da rede de distribuição da Kraft Heinz e do modelo go-to-market no Brasil, incluindo o crescente canal de Food Service.

    Notificação do CADE

    Em novembro do ano passado, o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica do Brasil), órgão antitruste do Brasil, enviou um questionamento para 46 empresas para entender sobre o mercado de molhos, já que no Brasil, o produto mais conhecido da Heinz é o ketchup e o item mais lembrado da Hemmer é a mostarda.

    Inscreva-se para receber nossas notícias e novidades em seu e-mail e cancele quando quiser.

    Com isso, o que estava sendo discutido era que se o acordo fosse aceito, a participação de mercado após o negócio ficaria entre 40% e 50% em termos de faturamento, o que levaria a maior concentração do mercado para as empresas.

    Caso o órgão identificasse que a compra teria concentrações excessivas em algum mercado, o negócio iria para o Tribunal, entretanto o CADE aprovou a aquisição sem restrições.

    - Publicidade -

    Últimos stories

    Cinemark apresenta balde de...

    Fãs de Toy Story vão poder celebrar o lançamento do filme com item exclusivo inspirado no uniforme do personagem principal

    Leo Burnett é destaque...

    Leo Burnett Tailor Made é a única agência de publicidade a integrar lista

    Samsung apresenta Galaxy M23...

    Novos smartphones chegam com foco em performance, câmeras e bateria. Venda é exclusivamente online

    Italo Ferreira é primeiro...

    Além das embalagens, Italo vira personagem de um jogo exclusivo da marca disponível para computador e smartphone
    Publicidade

    🔥 Em alta agora:

    Tjama lança coleção inspirada em Stranger Things

    A TJama, marca de loungewear com estampas exclusivas acaba de anunciar uma parceria com a Netflix para celebrar a quarta e última temporada de...

    GKPB Em Vídeo

    Publicidade
    Publicidade

    Conecte-se

    63,986FãsCurtir
    118,398SeguidoresSeguir
    14,500InscritosInscrever
    Publicidade