Mais
    InícioPublicidadeRedes SociaisAs 10 tendências culturais que mais impactam a Geração Z no Twitter

    As 10 tendências culturais que mais impactam a Geração Z no Twitter

    Estudo da plataforma realizado em parceria com a agência Sparks & Honey mostra como a Geração Z é conectada com a rede social do passarinho azul

    EM GKPB.COM .BR

    Publicidade

    Não dá para negar a força estrondosa que o Twitter tem entre os mais novos e um estudo da plataforma em parceria com a agência Sparks & Honey desvendou as tendências que mais moldam as conversas da Geração Z, que é responsável por 52% dos Tweets em 2020. O estudo analisou dezenas de milhares de Tweets e, a partir deles, foram mapeadas 10 tendências emergentes para se atentar.

    A Geração Z é classificada pelas pessoas nascidas entre os anos 90 e 2010, que cresceram junto com as transformações tecnológicas e foram moldadas por essas mudanças. A relação com a Internet e canais digitais é mais forte do que nunca, visto que esse público não conhece um mundo sem essas ferramentas.

    Continua depois do anúncio

    Você pode conferir e entender mais sobre as gerações e como as marcas podem se conectar com todos os públicos clicando aqui para acompanhar um estudo publicado pela TATO sobre o tema.

    Confira as tendências que movem a Gen Z no Twitter:

    1. Identidade mista

    As pessoas não querem ser colocadas dentro de caixas, e como desafiadores do convencional, o Twitter é o espaço onde dialogam sobre e resistem ao que ainda é socialmente imposto.

    Inscreva-se para receber nossas notícias e novidades em seu e-mail e cancele quando quiser.

    Foi possível acompanhar um aumento de 76% no volume de Tweets com o termo “não-binário” dentro dessa audiência, e entender que a plataforma é um lugar mais livre, onde diferentes realidades se encontram para trocar informação, e isso permite que as pessoas explorem sua identidade por completo.

    1. Micro Tribos de Nicho

    Com conversas sobre representação e identidade em crescimento constante, a Geração Z tem procurado categorias de nicho de interesse e sub-gêneros para achar suas necessidades de expressão específicas. Por exemplo, a comunidade de entusiastas de cristais cresceu 75% de 2020 para 2021.

    Continua depois do anúncio

    O Twitter é um espaço para se conectar com indivíduos com ideias semelhantes, não importa o quão distantes ou incomuns sejam seus interesses.

    1. Economia de massa

    As vozes da Geração Z e sua compreensão nativa de plataformas sociais causa um impacto massivo no diálogo ativista.

    Hashtags relacionadas a banda de K-Pop BTS, por exemplo, aparecem com frequência entre as hashtags mais populares do Brasil, e isso se deve ao poder dos fandoms, que usam sua influência para levar a atenção a causas.

    Os fandoms associados ao ativismo, se tornaram uma prática das comunidades que se unem para gerar impacto no mundo real — como proteger o Pantanal e a Amazônia, por exemplo. Os fãs de K-Pop estão cada dia mais lutando pela igualdade por meio do ciberativismo:

    Continua depois do anúncio
    1. Sede por mudança

    A Gen Z é apaixonada, e usam o Twitter não só para chamar atenção para o que é certo mas também para ativar seus valores. E enquanto gerações anteriores talvez tenham operado entre sistemas formais, os Zs não vão esperar problemas estruturais serem abordados. Para eles, o Twitter é uma forma de catalisar o pedido de mudança, e eles o usam persistentemente e com urgência, até suas vozes serem reconhecidas.

    1. Ressignificação de ícones

    Existe o empenho para ressignificar ícones tradicionais e ideais, além de substituí-los por novos sistemas e instituições que estão mais alinhadas com seus valores. Mesmo que haja uma resistência de outras gerações às suas demandas progressistas.

    O Twitter pode ser visto como uma ferramenta para a Geração Z explorar, discutir e trabalhar os novos ideais e sistemas enquanto buscam substituir os antigos que determinaram como antiquados, ineficientes, e conflitantes com suas visões de mundo.

    Continua depois do anúncio
    1. Conexão Constante

    Constantemente conectados, a Geração Z enxerga o Twitter como uma fonte sólida de informação, mas também é um recurso valioso para o escapismo, conhecido como “Twittertainment” (em tradução livre, “Twitternimento”).

    1. Sabedoria antiga

    Por mais que valorizem muito sua conexão digital, a Geração Z também busca conexão espiritual, baseada em ensinamentos e conhecimento ancestral. Seja um esforço para equilibrar sua dependência digital ou relacionada à alta incerteza e ansiedade dos últimos anos, é notável o retorno para práticas antigas.

    Tweets relacionados a Astrologia entre a Geração Z, por exemplo, aumentaram 51% em volume ano após ano. Twitter Psicodélico é outra categoria que cresceu especialmente durante a pandemia como forma de terapia e autoconhecimento.

    1. Pequenos Marcos Importantes

    A internet adora celebrar alegrias do dia a dia tanto quanto grandes marcos. Seja fazendo um teste de direção ou mudando o estilo de cabelo, essas celebrações menores, ou #smalljoys (#pequenasalegrias), acontecendo por todo o Twitter nos dizem que esses pequenos marcos importantes foram celebrados com tanto entusiasmo quanto os grandes momentos.

    Continua depois do anúncio
    1. Celebridades do Cotidiano

    O próprio conceito de celebridade está evoluindo com a Geração Z usando o Twitter para elevar vozes do cotidiano e destacar lugares improváveis da internet. E o que qualifica uma “celebridade”? Até isso está mudando, com 77% da Geração Z do Twitter se auto considerando como influente, de acordo com uma pesquisa recente da GWI.

    1. Mashup

    Para a Geração Z, o Twitter não é só um lugar para compartilhar novidades: é um escape para a criatividade e reinvenção formado por um senso de humor único. Essas narrativas compartilhadas pela Geração Z são referências para a cultura pop em camadas tão profundas que há quase um sentimento perpétuo de “quem sabe, sabe” para esses híbridos culturais únicos.

    Desde que a Geração Z aprecie a arte de conectar fragmentos estabelecidos da cultura pop e histórias-do-momento, esses mashups provavelmente continuarão a saciar a busca de momentos de diversão.

    - Publicidade -

    Últimos stories

    Rexona convida atletas LGBTQIAP+...

    Em narrativa multiplataforma, a marca reforça através de histórias inspiradoras que o movimento é para todas as pessoas

    Cameron Diaz deixa a...

    Estrela da dos anos 90 e 2000 a atriz Cameron Diaz volta em produção da Netflix ao lado de Jamie Foxx

    Destaques que chegam em...

    Separamos quatro dicas de filmes que estreiam em julho para você assistir nos cinemas

    Versão brasileira de Queer...

    Depois de ganhar uma versão japonesa e uma alemã agora Queer Eye desembarca no Brasil em agosto com apresentadores brasileiros
    Publicidade

    🔥 Em alta agora:

    Coca-Cola lança novo sabor inédito em parceria com o artista Marshmello

    Já comentamos aqui no GKPB sobre como a plataforma de inovação de Coca-Cola, Creations, ajudou a marca no lançamento dos novos sabores edição limitada...

    GKPB Em Vídeo

    Publicidade
    Publicidade

    Conecte-se

    63,866FãsCurtir
    118,558SeguidoresSeguir
    14,500InscritosInscrever
    Publicidade