Mais
    InícioPublicidadeCausas SociaisProcon-SP vai multar planos de saúde que exigirem autorização do marido para...

    Procon-SP vai multar planos de saúde que exigirem autorização do marido para a colocação de DIU

    Procon-SP notifica planos de saúde para explicarem como é o processo de pedido de DIU, e vai multar quem tiver a prática abusiva.

    Publicidade

    Durante essa semana viralizou uma matéria da Folha, onde o jornal denuncia alguns planos de saúde que exigem uma autorização do marido para a colocação de DIU (dispositivo intrauterino) em mulheres casadas. Agora, o Procon-SP está notificando vários planos de saúde para que expliquem se fazem essa prática abusiva.

    No total 11 planos de saúde foram notificados, e agora as seguradoras têm até 72 horas para explicarem qual o procedimento utilizado por elas. A partir das respostas, o Procon-SP vai multar todas as empresas que exigirem a autorização do marido para o uso do método contraceptivo.

    Continua depois do anúncio
    Procon-SP sobre a colocação de DIU em planos de saúde.

    “Algumas seguradoras estão exigindo consentimento do marido para reembolsar inserção do DIU em mulheres casadas. A prática é abusiva, ilegal, descabida e afrontosa à condição e dignidade da mulher. Nós estamos notificando essas empresas para saber quais fazem essa imposição absurda”, explica Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP. “O Procon-SP vai multar e punir severamente esse tipo de atitude. Não é possível admitir que para não pagar e reembolsar o seguro algumas empresas utilizem desse tipo de justificativa. Péssimo pretexto!”, adverte Capez.

    Entre as seguradoras estão as principais do mercado: Amil, Bradesco Saúde, Central Nacional Unimed, Notre Dame, Omint, Porto Seguro Saúde, Qsaúde, Sompo Saúde, Sul América, Unimed Seguros e Vison Med (Golden Cross).

    As empresas deverão esclarecer se oferecem cobertura para métodos contraceptivos transitórios ou reversíveis e procedimentos de esterilização feminina e masculina e detalhar as condições e exigências que são impostas ao beneficiário do plano, indicando os fundamentos legais para os critérios estabelecidos.

    Inscreva-se para receber nossas novidades e cancele quando quiser.

    Apenas os principais planos de saúde foram notificados, mas o próprio Procon-SP também deixa avisado que se a consumidora passar por essa situação na colocação do DIU, ela deve denunciar a empresa pelo site www.procon.sp.gov.br. Para ver a matéria do caso denunciado pela folha, clique aqui.

    Publicidade

    GKPB Em Vídeo

    Publicidade
    Publicidade

    Conecte-se

    64,367FãsCurtir
    113,852SeguidoresSeguir
    14,500InscritosInscrever

    Para Você

    Publicidade