Mais
    InícioPublicidadeCausas SociaisAmazon doa R$ 5,7 milhões para o Instituto Butantan

    Amazon doa R$ 5,7 milhões para o Instituto Butantan

    A Amazon doou US$ 1 milhão para o Comunitas, para ajudar na construção do CMPV do Instituto Butantan.

    Publicidade

    A Amazon acaba de anunciar uma doação de US$ 1 milhão (aproximadamente R$ 5,7 milhões de acordo com a cotação atual do dólar) para a Comunitas, entidade sem fins lucrativos que coordena junto com a InvestSP, a campanha de arrecadação que o Governo do Estado de São Paulo está realizando para a construção da fábrica de vacinas do Instituto Butantan.

    “A Amazon continua engajada nos esforços para combater a pandemia no Brasil e em todo o mundo”, explica Alex Szapiro, country manager da Amazon Brasil. “Queremos oferecer nosso apoio onde a ajuda é mais necessária, e no momento vemos que é na vacinação. Esperamos que o valor ajude o Instituto Butantan a atingir a meta estipulada para a conclusão da fábrica, de forma que as doses da vacina possam ser fabricadas e assim imunizar toda a população brasileira”, diz o executivo.

    Continua depois do anúncio

    Essa doação se junta com a de outras empresas privadas que se reuniram para arrecadar R$ 180 milhões em busca de viabilizar o projeto do CMPV (Centro Multipropósito para Produção de Vacinas), que tem o intuito de produzir 100 milhões de doses de vacinas contra o coronavírus por ano.

    Já é a segunda vez que a Amazon doa para o combate da doença aqui no país. Em 2020 a marca doou R$ 5 milhões para a Comunitas e para a Fundação Alice Figueira, visando a compra de itens de proteção individual e equipamentos médicos.

    Continua depois do anúncio

    Dentre as marcas que estão ajudando no combate à doença, estão o Grupo Boticário, que doou R$ 2,5 milhões para este projeto e a Ambev, que doou 500 cilindros de oxigênio aos hospitais e caixas térmicas de transporte para as vacinas.

    A estimativa é de que a fábrica do Instituto Butantan fique pronta em setembro deste ano. A criação deste projeto promete uma produção 100% nacional da vacina CoronaVac, pois com o CMPV será possível eliminar a necessidade de importação da matéria-prima que dá origem ao imunizante, o Insumo Farmacêutico Ativo (IFA).

    Acompanhe novidades em tempo real. Siga nosso perfil no Instagram.

    Publicidade

    Ouça nosso Podcast!

    GKPB Em Vídeo

    Publicidade

    Publicidade

    Conecte-se

    64,659FãsCurtir
    107,084SeguidoresSeguir
    14,500InscritosInscrever

    Para Você

    Publicidade