Mais
    InícioPublicidadeRedes SociaisConselheira do Flamengo rotula time de LoL como "nerds autistas"

    Conselheira do Flamengo rotula time de LoL como “nerds autistas”

    A Conselheira do Flamengo, Marion Kaplan, se posicionou completamente contra o e-sports em seu Twitter e gerou revolta.

    EM GKPB.COM .BR

    Publicidade

    No período da tarde de ontem (25) diversos tweets de uma conselheira do Flamengo gerou revolta na comunidade dos e-sports no Brasil. Durante um de seus tweets a conselheira rotulou o time de League of Legends como “nerds autistas” como forma de ataque.

    A página oficial do Flamengo eSports publicou um tweet comemorando uma vitória e isso foi o suficiente para desencadear a série de comentários da conselheira do Flamengo, Marion Kaplan, que comentou indignada por observar uma postagem referente ao e-sport e não ao futebol feminino.

    Continua depois do anúncio
    Foto por: SporTV/Reprodução/Twitter.

    Após grande repercussão, a conselheira teve sua conta no Twitter desativada, entretanto deu uma entrevista para o SporTV horas antes, onde alegou que não se arrepende de ter tentado insultar a comunidade do e-sport e muito menos por insultar a comunidade de pessoas autistas.

    “Estou de saco cheio. Fui visitar o futebol feminino fiquei envergonhada. O Flamengo não faz nada por elas, sequer dá assistência médica. Agora eu fiquei com “raiva” (com a repercussão). Não é esporte, vai contra o estatuto. Não me arrependo de ter falado desta forma. Eu sei que muitos são autistas, minha família é de psicanalistas. Acharam que era preconceito, mas é verdade.” disse Marion em entrevista via telefone.

    O Flamengo não se manifestou até o momento sobre o assunto em questão, porém quando questionado pelo SporTV confirmou que Marion é realmente conselheira do time.

    Inscreva-se para receber nossas notícias e novidades em seu e-mail e cancele quando quiser.

    Na manhã de hoje (26), a conselheira retornou em um novo perfil onde se desculpou com os autistas e com os pais de autistas, mas continuou se posicionando contra o e-sport.

    Foto por: SporTV/Reprodução/Twitter.
    Foto por: SporTV/Reprodução/Twitter.

    Toda comunidade se encontra indignada com essa situação justamente por vir de alguém que tem um cargo tão íntimo com o clube, o jogador profissional Felipe Gonçalves, conhecido como brTT, respondeu um dos tweets de Marion alegando que ela precisa de tratamento.

    Continua depois do anúncio

    Já o jogador profissional Rafael “Rakin”, jogador da americana Team Liquid, propôs um diálogo com a conselheira.

    Até mesmo o youtuber Felipe Neto se posicionou referente ao acontecido, pressionando a equipe do Flamengo a tomar atitudes com relação a postura da conselheira.

    É louvável lutar em favor de uma maior presença feminina nos esportes (e porque não dizer nos e-sports também, não é mesmo?), agora, não há o menor sentido em desmerecer uma outra vertente dos games para trazer luz à representatividade feminina.

    - Publicidade -

    Últimos stories

    Conheça Jennifer Walters, a...

    Além do já confirmado Demolidor novos personagens surpresas devem aparecer em Mulher-Hulk

    The Flash pode ter...

    Filme custou mais de 200 milhões de dólares aos cofres da Warner tem estreia marcada para 2023

    McFlurry Prestígio volta para...

    Para agradar os McLovers de plantão, o queridinho de todos volta pro cardápio

    Após cancelamento de Batgirl,...

    Filme que conta com Bruna Marquezine segue com seu lançamento garantido
    Publicidade

    🔥 Em alta agora:

    KitKat lança collab de roupa com Another Place

    A KitKat lançou uma collab exclusiva com a Another Place, intitulada “Let’s Rock the Break”. A coleção é composta por 12 peças, apresenta...

    GKPB Em Vídeo

    Publicidade
    Publicidade

    Conecte-se

    63,807FãsCurtir
    118,816SeguidoresSeguir
    14,500InscritosInscrever
    Publicidade