Mais
    InícioPublicidadeAnúncioEstética do vídeo de desculpas do Neymar é idêntica a de vídeo...

    Estética do vídeo de desculpas do Neymar é idêntica a de vídeo da Adidas para a Copa

    Comercial divulgado por Neymar para tentar se redimir com a população brasileira tem conceito criativo extremamente parecido com filme da Adidas de 2014. Veja a comparação.

    Publicidade

    Desde o intervalo do Fantástico, o mundo publicitário não fala de outra coisa que não seja o comercial de Neymar para a Gillette, onde tenta esboçar um pedido de desculpas para o público brasileiro após sua atuação na Copa do Mundo.

    O que ninguém sabia ainda é que mais um item ia colocar lenha nesta gigantesca fogueira: a estética do comercial é idêntica a apresentada pela Adidas em 2014 para promover a final da Copa do Mundo FIFA 2014, que aconteceu aqui no Brasil; como bem notou o designer Enrico Gastaldelli.

    Continua depois do anúncio

    No filme da Adidas, jogadores da Alemanha e Argentina dividem a tela em fotografias estilizadas em preto e branco, enquanto um efeito de zoom dá conta de revelar novas imagens durante todo o filme. A descrição é basicamente a que eu faria para falar também da estética do comercial lançado por Neymar. Assista:

    Relembre aqui o comercial de Neymar, criado pela Grey Brasil:

    Inscreva-se para receber nossa newsletter e cancele quando quiser.

    A semelhança entre as duas propagandas é inegável. Eu não sei agora dizer se o efeito é mais comum do que parece, ou se realmente rolou uma inspiração gráfica em excesso no filme da marca alemã. De qualquer forma, a Nike não deve ter ficado nada contente com esta semelhança.

    Continua depois do anúncio

    Repercussão

    O filme de Neymar tem dividido opiniões e reações dentro das redes sociais. O nome do jogador segue nos assuntos mais comentados do Twitter desde que o comercial foi ao ar pela primeira vez ainda no domingo à noite. No Youtube, o vídeo é o número 2 entre os vídeos em alta. As reações: meio a meio. 10.706 espectadores deram “gostei”, enquanto 10.843 preferiram deixar claro que não gostaram da peça. Já entre os comentários, a esmagadora maioria era negativa.

    Publicidade

    GKPB Em Vídeo

    Ouça nosso Podcast!

    Publicidade
    Publicidade

    Conecte-se

    64,507FãsCurtir
    110,213SeguidoresSeguir
    14,500InscritosInscrever

    Para Você

    Publicidade