Mais
    Publicidade banner break publicitario
    Publicidade banner break publicitario
    InícioPublicidadePodcastAudioDay: Globo revela números e apostas para o futuro dos podcasts no...

    AudioDay: Globo revela números e apostas para o futuro dos podcasts no Brasil

    AudioDay é um evento sobre o mercado de podcasts, em que a Globo celebra números conquistados nos últimos anos o e anuncia novidades.

    Publicidade

    A Globo entrou de cabeça no mundo dos podcasts já há algum tempo. Os podcasts da emissora acabaram conquistando um mercado cativo pela qualidade de suas produções e pela capilaridade do maior conglomerado de mídia do país. E como já virou tradição, a emissora realizou hoje o AudioDay, um evento anual para celebrar os números do ano que passou e debater um pouco do que virá para os próximos anos. Durante o evento, a Globo anunciou diversas novidades que comprovam que o segmento está recebendo mais atenção do que nunca dentro da companhia.

    CBN e O Globo no Globoplay

    A Globo iniciou o evento falando sobre sua tradição na criação de conteúdos exclusivamente em áudio, desde a criação da Rádio Globo, em 1944, e aproveitou o evento para anunciar a chegada do sinal ao vivo da CBN SP e CBN Rio no Globoplay. O conteúdo será disponibilizado de forma gratuita, mesmo para quem não for um assinante Globoplay.

    Continua depois do anúncio

    Os já conhecidos podcasts d’O Globo como o “Ao Ponto”, e o “Lauro e Gabeira”, também serão disponibilizados na plataforma. Os podcasts da Rádio CBN também farão parte da plataforma de streaming da Globo.

    Erick Brêtas, diretor de produtos e serviços digitais da Globo comentou que os podcasts de maior sucesso da casa nasceram nas redações do G1 e do GE, mas que agora o intuito é trazer conteúdos mais diversos, criados por produtores independentes.

    “Eu acho que o podcast talvez seja o meio mais eficiente para cultivar uma audiência engajada, que retorna sempre, que ouve tudo até o fim… É muito impressionante. E a mensagem publicitária também se beneficia disso”, afirmou Brêtas.

    Inscreva-se para receber nossas novidades e cancele quando quiser.

    Dados do mercado de Podcasts

    Uma pesquisa de 2017 mostrou que 70 milhões de brasileiros ouvia algum tipo de áudio digital. Em 2020 este número chegou a 90 milhões. Um dos territórios mais quentes do áudio é o de Podcasts. Uma pesquisa encomendada pela Globo com o Ibope em 2019 mostrou que aproximadamente 13% (21 milhões de brasileiros) da população brasileira ouvia podcasts. Já no ano passado, 17% da população já se declarava ouvinte de podcasts. Um crescimento de 8 milhões de pessoas em um ano.

    Números dos podcasts da Globo

    De 2019 até 2020 os podcasts da Globo cresceram nada menos do que 450%. O que mostra que conteúdo de qualidade tem ainda mais espaço de crescimento dentro de um mercado já bastante aquecido e que promete se desenvolver ainda mais nos próximos anos. Outra informação relevante é a capacidade da emissora de movimentar sua própria base de ouvintes. Mais de 50% da audiência consome o conteúdo dentro das próprias plataformas Globo.

    Continua depois do anúncio

    A emissora não negou que deva, sim, ter produtos originais Globoplay, mas reforçou a importância dos principais serviços de streaming do mercado. Uma dessas plataformas é o Deezer, que dobrou a audiência dos podcasts em sua plataforma no ano passado, de acordo com Stefan Habergritz, executivo da Deezer e presidente do comitê de áudio do IAB Brasil.

    Os motivos que levam as pessoas a ouvirem podcasts

    A Globo realizou uma pesquisa qualitativa com o público de podcasts. De acordo com Guilherme Figueiredo, head de áudio digital da Globo, a empresa descobriu três pontos importantes que levam o ouvinte a consumir um podcast.

    Cotidiano

    O podcast é prático e permite a produtividade dentro de uma sociedade multitarefas, que possui um dia corrido, mas não quer deixar de se informar.

    Continua depois do anúncio

    Falar ao pé do ouvido

    O podcast conecta, preenche, compensa e orienta o ouvinte. O consumidor se sente parte do grupo ao qual ele está escutando.

    Passado versus presente, um paralelo entre o rádio e o livro

    O podcast traz informação, ativa a imaginação e mexe com a nossa emoção. Ele tem um caráter individual. O consumidor pode ouvir aqui quando ele quiser e a mídia em áudio permite uma ativação maior da imaginação do que um vídeo, por exemplo.

    Mudança no consumo do podcasts durante a pandemia

    Se antes os podcasts tinham seus picos de consumo nos horários de deslocamentos, que são manhã e final de tarde, durante a pandemia, esta curva deu lugar a um consumo mais uniforme e distribuído durante todo o dia. No Brasil, 85% dos usuários de internet consumiram áudio durante a pandemia. Isso abre um leque de oportunidades para os anunciantes explorarem este território.

    Formatos e possibilidades para o mercado publicitário

    O podcast permite que o conteúdo não dispute a atenção da pessoa, mas some a algo que ela já esteja fazendo no dia-a-dia. Com isso, o formato acaba sendo importante e relevante para marcas que não querem interromper a rotina do ouvinte, mas sim ajudar a contar uma história.

    Continua depois do anúncio

    O podcast pode ser consumido em uma gama muito ampla de dispositivos, incluindo os smartspeakers e home devices de maneira geral, que têm ganhado cada vez mais espaço. Sem contar que o áudio exige menos da qualidade de internet ou até mesmo do dispositivo ao qual o consumidor vai consumir para chegar de forma efetiva. Então isso possibilita uma amplitude ainda maior de possibilidades e de audiência, que outros formatos como o vídeo digital por exemplo.

    “O convite que eu faço é que a gente olhe para este ambiente de áudio, veja quão eficiente ele é, para que clientes, agências e a Globo consigam construir juntos a nova realidade da publicidade brasileira em áudio”, disse Eduardo Schaeffer, diretor de negócios integrados de publicidade da Globo.

    Braincast e Mamilos dentro do portfólio de produtos Globo

    Reconhecidos pelo excelente trabalho com o mercado de podcasts no Brasil, os podcasts Braincast e Mamilos, que estão dentro da rede de podcasts do B9, agora também fazem parte do portfólio de podcasts da Globo.

    “Reconhecendo o trabalho de grandes podcasters, a Globo se associa agora a dois dos maiores e mais fascinantes podcasts do Brasil e passa a fazer a comercialização, a distribuição e a apoiar o marketing do Mamilos e do Braincast em todo o país. Estes podcasts passam a fazer parte do portfólio do Globoplay e esta parceria pode gerar novos podcasts produzidos em conjunto”, ressaltou Renata Lo Prete durante o anúncio da parceria. “E a gente não pode deixar de destacar, também, as conquistas comerciais pioneiras que o B9 trilhou durante todos esses anos.”, finalizou.

    Você pode acompanhar o AudioDay 2021 no vídeo abaixo:

    Publicidade

    Últimos stories

    Anavitória lança coleção de...

    Em parceria com o Mindse7, o duo Anavitória está lançando uma coleção-cápsula inspirada na música "Leia em voz alta" com a C&A

    Kameleon lança coleção de...

    Dentre os produtos dessa coleção inspirada no universo Harry Potter é possível encontrar estampas das casas de Hogwarts e até mesmo do Dobby

    Star+ espalha esculturas ...

    As estátuas da série chegam a ter entre 2 a 4 metros de altura

    Renner lança coleção especial...

    A linha traz croppeds, camisas, vestido e pijamas com estampas do famoso desenho de Hanna-Barbera
    Publicidade

    GKPB Em Vídeo

    Publicidade

    Conecte-se

    64,340FãsCurtir
    115,808SeguidoresSeguir
    14,500InscritosInscrever
    Publicidade