Burger King vira alvo de religiosos homofóbicos após campanha LGBT+ com crianças - GKPB - Geek Publicitário

Burger King vira alvo de religiosos homofóbicos após campanha LGBT+ com crianças

PUBLICIDADE

Toque para avançar >>

Um dos discursos mais mentirosos contados por pessoas homofóbicas é o de que crianças não sabem lidar com a orientação sexual ou identidade de gênero das pessoas

A mais nova campanha do Burger King para celebrar o mês do Orgulho LGBTQIA+ vai justamente no sentido de desconstruir essa ideia

Como resultado, a rede de fast-food foi parar nos trending topics com uma série de publicações homofóbicas condenando a campanha

No filme “Como Explicar?” publicado pela marca nas redes sociais, diversas crianças aparecem dando a sua visão sobre a comunidade LGBTQIA+

Frases como “Eu vejo dois homens de mãos dadas são dois homens de mãos dadas” e “o menino gosta do menino e ponto final” são ditas pelas crianças

Aparentemente isso foi o suficiente para insuflar o discurso de ódio contra a rede e todos os LGBTQIA+ dentro no mês em que celebramos o orgulho das nossas diferenças

A exemplo do que aconteceu com O Boticário em 2015, o vídeo da companhia no Youtube tem recebido uma enxurrada de marcações “Não Gostei” e comentários negativos, muitas vezes ligados a trechos da bíblia

Todos eles tentam justificar palavras e ensinamentos de suas próprias religiões para condenar o comportamento das pessoas LGBTQIA+

Quer saber mais? Arrasta pra cima!